Dar e Receber

A Lei da Abundância numa resposta simples dada por Deepak Chopra.

10410089_10152323232425665_3819101702596028040_n

Pergunta:

Olá Deepak,
Em As Sete Leis Espirituais do Sucesso, diz-se que devemos dar para receber. Se dermos dinheiro (com alegria e amor), o universo irá responder com mais dinheiro. Certo? Mas será possível transmutar essa energia? Por exemplo, dar “comida” e desejar de forma consciente quaquer outra coisa em troca, por exemplo, “dinheiro”. Este tipo de transmutação é possível?

Resposta:

Dar é na verdade apenas deixar fluir o teu ser amoroso para os outros. Quando isso acontece, põe em acção um fluxo de energia de apoio que volta na tua direcção. Quando se diz que devemos dar para receber, não é dar com o propósito de receber algo em troca. É antes uma forma de explicar como funciona a abundância da vida.  Se sentires que não estás a receber esse fluxo de abundância, então a primeira coisa a perguntar é se estás a criar um fluxo de dádiva a partir de ti. Não precisas de manipular ou controlar aquilo que estás a dar. simplesmente dá o que podes com o coração cheio. E não tentes controlar também aquilo que recebes. Sente a certeza de que automaticamente receberás aquilo de que precisas.

 

Amor,
Deepak

Feira Medieval Belmonte 2014

bmt

instamagLMS

Dicas simples para uma vida melhor

IMG_0949.JPG
1. Pare de perder tempo com as pessoas erradas

A vida é muito curta para perder tempo com pessoas que sugam a sua alegria para fora de você. Se alguém quer você em sua vida, eles vão criar espaço para você. Você não deveria ter que lutar por um lugar. Nunca, jamais insista em aparecer diante de alguém que subestima o seu valor. E lembre-se, seus verdadeiros amigos não são as pessoas que estão ao seu lado quando você está vivendo seus melhores dias, mas sim aqueles que permanecem mesmo nos piores momentos.

2. Pare de fugir dos seus problemas

Encare-os de frente. Não, não vai ser fácil. Não há ninguém no mundo capaz de sair ileso de cada pancada que leve. Não é esperado que estejamos aptos a imediatamente resolver quaisquer problemas. Simplesmente não somos feitos desta forma. Na verdade, somos feitos para nos irritarmos, nos entristecermos, nos machucarmos, tropeçarmos e cairmos. E é por isto ser a razão mesma de viver – encarar problemas, aprender, se adaptar, e resolvê-los ao longo do tempo. Isso é o que efetivamente nos molda na pessoa que nos tornamos.

3. Pare de mentir para si mesmo

Você pode mentir para qualquer outra pessoa no mundo, mas você não consegue mentir para si mesmo. Nossas vidas melhoram apenas quando arriscamos encarar as oportunidades, e a primeira e mais dificil oportunidade que podemos encarar é sermos honestos conosco mesmos.

4. Pare de colocar as suas necessidades em segundo plano

A coisa mais dolorosa é perder-se de si mesmo no processo de “amar” alguém demais, e esquecer de que você é especial, também. Sim, ajude aos outros; Mas ajude-se também. Se existe um momento para correr atrás de sua paixão e fazer algo que realmente importa para você mesmo,este momento é agora.

5. Pare de tentar ser alguém que você não é

Um dos maiores desafios na vida é ser você mesmo em um mundo que tenta fazê-lo igual a todos os outros. Alguém sempre vai ser mais bonito, alguém sempre será mais esperto, alguém sempre será mais jovem, mas eles jamais serão você. Não mude para que os outros passem a gostar de você. Seja você mesmo e as pessoas certas vão amar quem você é de verdade.

6. Pare de se apegar ao passado

Você não pode iniciar o próximo capítulo da sua vida se você continua relendo o anterior.

7. Pare de ter medo de cometer erros

Fazer algo e falhar é ao menos dez vezes mais produtivo do que não fazer nada. Todo sucesso deixa uma trilha de falhas atrás de si, e cada falha é um passo rumo ao sucesso. Você acaba se arrependendo muito mais das coisas que NÃO fez, do que daquelas que fez.

8. Pare de se reprender por velhos tropeços

Nós podemos amar a pessoa errada e chorar sobre as coisas erradas, mas não importa o quão erradas as coisas se tornem, uma coisa é certa, os enganos nos ajudam encontrar a pessoa e as coisas que são certas para nós. Todos cometemos enganos, temos tropeços e mesmo nos arrependemos das coisas em nosso passado. Mas você não é seus enganos, nem seus tropeços, e você está aqui AGORA com o poder de definir o seu dia e o seu futuro. Toda e cada coisa que aconteceu na sua vida está te preparando para um momento que ainda virá.

9. Pare de tentar comprar felicidade

Muitas das coisas que desejamos são caras. Mas a verdade é que, as coisas que realmente nos satisfazem, são totalmente grátis – amor, risadas e trabalhar naquilo que nos apaixona.

10. Pare de procurar a felicidade exclusivamente nos outros

Se você não está feliz com quem você é por dentro, você tampouco será feliz em um relacionamento de longo prazo com quem quer que seja. Você precisa criar estabilidade na própria vida em primeiro lugar, antes que possa compartilhá-la com mais alguém.

11. Pare de ficar ocioso

Não pense demais ou você criará um problema que nem existia, para começar. Avalie as situações e tome ações decisivas. Você não pode mudar o que se recusa a encarar. Progredir envolve assumir riscos. Ponto! Vocẽ não pode andar até a segunda base e manter o seu pé ainda na primeira.

12. Pare de pensar que você não está pronto

Ninguém realmente se sente 100% pronto quando uma oportunidade aparece. E isto acontece porque as mais grandiosas oportunidades na vida nos forçam a crescer além das nossas zonas de conforto, o que significa que não estaremos totalmente confortáveis, no início.

13. Pare de se envolver em relacionamentos pelas razões erradas

Relacionamentos devem ser escolhidos com sabedoria. É melhor estar só do que em má companhia. Não há necessidade de pressa. Se alguma coisa deve ser, ela acontecerá – no seu tempo certo, com a pessoa certa e pela melhor das razões. Se apaixone quando estiver pronto, não quando estiver solitário.

14. Pare de rejeitar novas relações por que as antigas não funcionaram

Na vida você perceberá que existe um propósito em conhecer cada pessoa que você conhece. Alguns testarão você, outros te usarão, e outros te ensinarão. Mas, o que é mais importante, alguns despertarão o que há de melhor em você.

15. Pare de tentar competir com todo mundo

Não se preocupe com o que os outros fazem melhor do que você. Concentre-se em bater os seus próprios recordes todos os dias. O sucesso é uma batalha travada apenas entre VOCÊ e VOCÊ MESMO.

16. Pare de ter inveja dos outros

A inveja é a arte de contar as bençãos alheias, ao invés das próprias. Se pergunte o seguinte: “O que é que eu tenho que todas as outras pessoas desejam?”

17. Pare de reclamar e sentir pena de si mesmo

As “bolas com efeito” da vida são jogadas por um motivo – para mudar o seu caminho numa direção que se destina a você. Você pode não ver ou entender tudo no momento em que isto acontece, e pode ser difícil. Mas pense naquelas “bolas curvas” negativas que foram jogadas para você no passado. Você frequentemente perceberá que no final elas te levaram a melhores lugares, pessoas, estados de espírito, ou situações. Então sorria! Deixe todos saberem que hoje você é mais forte do que era ontem, e então você será.

18. Pare de guardar rancor

Não viva a sua vida com ódio no coração. Você acabará machucando a si próprio muito mais do que as pessoas que você odeia. Perdoar não é dizer “o que você fez de errado comigo não tem importância”, é dizer “eu não vou permitir que o que você fez comigo seja a ruína eterna da minha felicidade”. Perdoar é a resposta… desapegue, encontre paz e liberte-se! E lembre-se, o perdão não é apenas para as outras pessoas, é para si mesmo também. E você deve perdoar-se, seguir em frente e tentar fazer melhor na próxima vez.

19. Pare de deixar os outros te rebaixarem ao nível deles

Recuse-se em baixar os seus padrões de qualidade para acomodar aqueles que se recusam a elevar os deles.

20. Pare de perder tempo se explicando aos outros

De toda forma, seus amigos não precisam e seus inimigos não vão acreditar. Apenas faça o que seu coração aponta como o caminho certo.

21. Pare de fazer as mesmas coisas uma e outra vez, sem uma pausa

A hora certa de respirar profundamente é quando você não tem tempo pra isso. Se você continuar insistindo no que está fazendo, você vai continuar obtendo o mesmo resultado. Às vezes, você precisa se distanciar um pouco para ver as coisas mais claramente.

22. Pare de negligenciar a beleza dos pequenos momentos

Aproveite as pequenas coisas, pois um dia você pode olhar para trás e descobrir que elas eram as grandes coisas. A melhor porção da sua vida será composta dos pequenos e inomináveis momentos que você passa sorrindo junto de alguém importante pra você.

23. Pare de tentar alcançar a perfeição

O mundo real não recompensa o perfeccionismo, ele recompensa as pessoas que conseguem fazer as coisas.

24. Pare de seguir o caminho do menor esforço

A vida não é fácil, especialmente quando você planeja alcançar algo de valor. Não pegue o caminho mais fácil. Faça algo extraordinário.

25. Pare de agir como se tudo estivesse bem, quando não está

É perfeitamente normal desmoronar por um breve período. Você nem sempre precisa fingir que é o mais forte, nem constantemente tentar provar que tudo está indo bem. Você tampouco deveria se preocupar com o que os outros pensam – chore se precisar – é saudável colocar suas lágrimas para fora. Quanto mais cedo você o fizer, mais cedo você estará apto a sorrir genuinamente de novo.

26. Pare de culpar os outros pelos seus próprios problemas

A dimensão com que você conseguirá realizar seus sonhos depende da dimensão com que você assume responsabilidade pela própria vida. Quando você culpa os outros pelo que você está passando, você nega responsabilidade – você dá aos outros poder sobre aquela parte da sua vida.

27. Pare de tentar ser tudo para todos

Alcançar isto é impossível, e tentar apenas te levará ao esgotamento. Mas fazer uma pessoa sorrir PODE mudar o mundo. Talvez não todo o mundo, mas o mundo dela. Então estreite o seu foco.

28. Pare de se preocupar demais

A preocupação não removerá os obstáculos do amanhã, mas removerá as delícias do dia de hoje. Um modo de verificar se algo vale o esforço de super ponderar a respeito é se fazer a seguinte pergunta: “Isso importará daqui a um ano? Três anos? Cinco anos?”. Se não, então não é nada que valha o esforço de preocupar-se.

29. Pare de focar naquilo que você não quer que aconteça

Foque naquilo que você quer que aconteça. Pensamento positivo está na dianteira de todo grande história de sucesso. Se você acordar toda manhã com o pensamento de que algo maravilhoso acontecerá na sua vida hoje, e você prestar muita atenção, você com frequência descobriá que tem razão.

30. Pare de ser ingrato

Não importa o quão bom ou o quão ruins as coisas estejam, acorde todo dia grato pela sua vida. Alguém em algum lugar está desesperadamente lutando pela própria vida. Ao invés de pensar naquilo que falta, tente pensar em tudo aquilo que você já tem e que quase todo mundo sente falta.

Semear intenções na Lua Nova

Cada Lua Nova pode ser usada como ponto de viragem. É propícia para começar do zero, o momento para conceber uma ideia que ganhará vida na Lua Cheia seguinte.  Movimentos seguidos por milhares de pessoas há milhares de anos, fluindo com a energia do universo do qual fazemos parte.

 newmoon

Os agricultores sabem isto, e planeiam colheitas e sementeiras de acordo com os ciclos da Lua. Ao longo do tempo, compreenderam que as sementes que melhor vingavam eram aquelas lançadas durante a Lua Nova.

A Lua Nova serve também para semear ideia e intenções. Estas ideias semeadas irão germinar com a Lua Cheia, tal como a semente aguarda na escuridão para irromper com a luz e dar frutos, também nós devemos permitir a gestação e criação de uma ideia que levará a resultados concretos.

 

Manifestação da Lua para dar luz aos seus desejos

É importante começar com um momento de tranquilidade, embora isto possa ser feito individualmente ou em grupo. Tenha presente que palavras e pensamentos são vibrações, pelo que quaisquer intenções afirmadas ou escritas têm poder, e deve ter o cuidado de manifestar exactamente aquilo que quer, sentindo essa vibração. Aqui faz muito sentido o ditado “cuidado com o que desejas, porque podes conseguir”.

Sugestões para criar o momento:

  1. Faça um limpeza energética do espaço com uma pequena oração, queimando salvia branca ou incenso;

  2. Acenda uma ou mais velas, coloque cristais ou objectos que considere sagrados e/ou que simbolizem os objectivos que gostaria de alcançar;

  3. Acalme-se e centre-se da forma que for mais apropriada para si. Faça inspirações profundas, use música relaxante, e pode até beber um pouco de chá de ervas;

  4. Num bloco de notas, coloque a data e começe a escrever os seus desejos. Esta lista pode ter apenas um item ou várias páginas com muitos desejos, não crie limites;

  5. Feche os olhos e tente imaginar como se sentiria ao alcançar os seus objectivos. Não se foque no “querer” mas sim sentir como se já estivesse nesses momentos e objetivos, imagine qual seria a sensação;

  6. Este bloco de notas pode ser usado como um diário de intenções ou manifestações, onde pode desenhar ou colocar imagens e recortes daquilo que quer materializar. Isto pode ser um projecto divertido, por isso divirta-se! Em breve ficará surpreendido pela forma como as coisas começam a acontecer na sua vida, assim que dê início a este processo.

Ao longo do mês seguinte pode fazer outras pequenas coisas que ajudam à concretização.
Pode folhear este pequeno caderno e repetir o processo de visualização do objectivo alcançado. E quando um dos itens da sua lista chegar até sí, pode riscá-lo!

Pode ser uma boa ajuda adicionar objectivos mais pequenos, coisas que poderão matrializar-se rapidamente. Pode pensar que estas pequenas coisas são triviais mas os desejos que se materializam com menos esforço promovem os desejos maiores. Criam movimento, como uma bola de neve, lançando boas vibrações que se irão manifestar na sua vida pouco a pouco, dando-lhe esperança e fé para se focar nos objectivos maiores e mantê-los alcançáveis na sua mente. Então será melhor começar com coisas simples e os resto virá pela atracção dessa vibração.

Resumo e tradução livre do artigo escrito por  Jocelyn Daher.
Artigo completo aqui

WS Covilhã

Uma perspectiva para além da vida

Ou 9 coisas que se aprendem depois da morte

405157074204

Annie Kagan – OmTimes | 

A autora deste artigo relata uma experiência pessoal, três semanas depois do falecimento do seu irmão Billy… Uma conversa sobre o que acontece depois de morrer.
Entre outras coisas, Billy explicou que o nascimento traz uma espécie de amnésia. Uma das coisas que tentamos fazer nesta vida é lembrar aquilo que esquecemos. Mas depois de morrer, há uma percepção diferente de um conjunto de coisas que nem imaginávamos em vida:

1. A vida na Terra não é um castigo pelas transgressões de vidas passadas.
A vida não é algo tipo “fizeste algo errado noutra vida e agora estás a pagar por isso”. Não é assim que funciona. O conceito de olho por olho e dente por dente para equilibrar a balança não é real.

2. Escolhes as circunstâncias da tua vida antes de nascer, por razões que a alma conhece e que são praicamente impossíveis de entender enquanto estiveres na Terra.
Se entendesses essas razões, a vida iria perder algum sentido e é isso que se procura com o caminho para a iluminação.

3. Tudo muda.
Quando morres, é que te apercebes. Também te apercebes que há coisas imortais, coisas que levas contigo e isso também muda. O conceito de Maia, ou o véu da ilusão, significa o quê? Significa temporário.

4. A vida é fantástica, mesmo as partes mais dificeis. 
E todos nós fazemos coisas a que chamamos erros. Mas não faz mal cometer esses tais erros. Fazem parte do acordo terreno.

5. É suposto envolveres-te em vários tipos de coisas na terra, coisas que podem não fazer sentido do ponto de vista humano.   Então, espera um pouco antes de julgares o teu semelhante. Ser totalmente isento de julgamento em vida é algo muito avançado, no entanto. Terias que ser um Buda para ser assim tão avançado.

6. Não há apenas um caminho certo.
Alguns desfechos são felizes, outros nem tanto, mas não é a percentagem de finais felizes que interessa. É a banda sonora.

7. A sociedade ensina limitação.
Não interessa o que te ensinaram, tudo o que precisas de saber já está dentro de ti. E aquilo que realmente és está muito para além da tua compreensão. É por isso que viver limitado dentro da experiência humana pode por vezes ser penoso.

8. No centro de tudo está uma energia, uma matéria imaterial chamada AMOR. 
Uau, e sabe mesmo bem, este AMOR.  Nem podes imaginar. Não podes mesmo. Não é possível experienciares a totalidade do poder do AMOR neste plano de existência.

9. A Morte não é uma coisa tão séria como parece.
É até bastante agradável. Na verdade, não podia ser melhor. E dizer adeus às pessoas que amamos não é tão sério como parece, porque vamos encontrá-los de novo.

Ler o artigo original:
http://www.the-open-mind.com/9-things-you-realize-after-you-die/

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.