O Eterno Sol – Kundalini Yoga

Porque cantamos “que o Eterno Sol te ilumine”?
A canção entoada no final de cada aula tem um significado
muito especial…

eterno_sol

Kundalini Yoga é um sistema sagrado de elevação do ser humano e por isso se manteve em segredo durante milénios, tal como outras filosofias, sistemas e formas de crescimento na Era de Peixes, quando o ser humano estava na sua etapa de adolescencia e não tinha ainda capacidade nem bom senso para lidar com energias elevadas. Isto só estava ao alcance de uma elite muito bem formada e com um entendimento da vida muito acima da norma.

Na Era de Aquário é suposto que o ser humano já esteja no seu estado adulto e tenha maturidade enquanto raça e todos podem ter acesso a todo o conhecimento que antigamente era salvaguardado por uma elite. Mas para isto acontecer, para de “destapar ” o que era secreto e sagrada, muitas almas se sacrificaram. Sempre que há uma grande mudança, alguém ou algo tem que “doar-se” ou sacrificar-se para trazer a verdade à luz perante uma humandade cega ou inerte.

Assim, para que o Kundalini Yoga pudesse emerger do seu estado oculto, algo teve que acontecer. Os jovens dos anos 60 e 70, todo o movimiento “hippie”, os “meninos das flores”, actualmente chamados Indigo, que encarnaram para serem agentes de mudança, tiveram que sacrificar-se, alguns, para trazer à tona uma revolução espiritual.

Estes jovens deram a vida na guerra do Vietname, alguns morreram protestando contra a guerra e a favor da paz, outros morrerram em barricadas frente às universidades igualmente protestando contra a guerra e contra uma educação inapropriada. Outros morreram com overdose de drogas à procura do sentido da vida, à procura de si mesmos, à procura de outra forma de ser, diferente daquela que então causava tanta dor à humanidade e ao planeta.

Neste contexto aparece Yogi Bhajan, e observando este panorama sabia que era o momento para trazer à luz uma ferramenta sagrada para ajudar na mudança. 65468465

Um grupo de “rock”, The Incredible String Band, composto por esses jovens que queriam mudar o mundo, ofereceu a Yogi Bhajan esta cancão que foi para ele uma homenagem a todos os que morreram para que técnica como Kundalini Yoga pudesse emergir no ocidente.

Este é o nosso legado como praticantes de Kundalini Yoga, dado pelo mestre deste sistema. Não foi algo casual, não é algo “bonito” que se juntou ao final da aula apenas porque ficava bem.

Tal como um idioma muda ao longo dos anos também o yoga mudou com com o passar dos anos, adequando-se às necessidades dos tempos. Juntar a canção do Eterno Sol no final da aula é uma dessas mudanças adequada aos tempos e em sintonia com a energia da Era de Aquário.

Da mesma forma que a mulher teve que lutar pelos seus direitos de igualdade num mundo patriarcal, também o turbante numa mulher é símbolo de ganhar essa luta, da igualdade entre homens e mulheres no mundo espiritual. Assim, a canção do Eterno Sol é um símbolo dessa luta no amanhecer de uma Nova Era.

 

Saiba mais sobre as nossas aulas de Kundalini Yoga

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: